Câmara vota projeto que cria programa de prevenção ao suicídio em Jacareí

A Câmara Municipal de Jacareí realiza nesta quarta-feira (16) a 15ª Sessão Ordinária do ano, com um projeto de lei inscrito na Ordem do Dia, além da leitura do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre os possíveis atos de irregularidade na gestão da Fundação Pró-Lar de Jacareí no exercício de 2016.

O projeto de lei que deverá ser discutido pela Casa Legislativa é de autoria do vereador Rodrigo Salomon (PSDB), que propõe a instituição do mês municipal de prevenção ao suicídio “Setembro Amarelo”, tendo como o dia 10 de setembro a data oficial do programa.

De acordo com a proposta, os objetivos a serem cumpridos no mês de setembro são promover a valorização da vida, incentivar a conscientização sobre o problema, fomentar a formação de sistemas de acolhimento entre outras questões envolvendo o Poder Público Municipal.

“Apesar de ser um problema de saúde pública, ainda cercado de tabus, o aumento dos casos de suicídio na sociedade vem obrigando o Poder Público a tomar medidas mais efetivas para conscientização da sociedade da sociedade”, afirmou Rodrigo Salomon, no escopo do projeto.

O programa Setembro Amarelo foi criado originalmente pelo órgão federal Centro de Valorização da Vida (CVV), que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente, por meio do número 188, todas as pessoas que querem e precisam conversar.

Para ser aprovado, o projeto necessita do voto favorável da maioria simples do Plenário.

Recomendar para um amigo
  • gplus
  • pinterest

Ao visitar, ler, ou interagir com os recursos disponibilizados neste site, você está aceitando todas as condições mencionadas neste Termos de Uso, com destaque para as seguintes condições gerais:

  • Não saia muito do tema do tópico.
  • Não publique SPAM, visível ou mascarado.
  • Não ofenda ninguém, nem faça comentários preconceituosos ou racistas.
  • Seja educado.

Deixe um comentário