Consumidores aceitam substituição de sacolas plásticas por outras reutilizáveis ou biodegradáveis, diz pesquisa

Consulta popular realizada com aproximadamente 300 consumidores de Jacareí demonstrou que 96% dos entrevistados estariam dispostos a aderirem medidas restritivas quanto ao uso, distribuição e comercialização de sacolas plásticas não-biodegradáveis por meio da substituição pelo uso de materiais recicláveis ou produtos reutilizáveis.

Os dados foram coletados entre os dias 4 e 25 de outubro com consumidores de feiras-livres, Mercado Municipal e de supermercados de 16 bairros de todas as regiões de Jacareí através de pesquisa de campo produzida por assessores do gabinete da Presidência da Câmara Municipal como método para balizar a discussão do projeto de lei nº 48/2017 – de autoria da presidente Lucimar Ponciano (PSDB) – apresentado ao Legislativo de Jacareí em 28 de junho deste ano.

No estudo, os entrevistados foram divididos em três grupos etários, com participação de 52% dos entrevistados na faixa etária dos 25 aos 59 anos, 28% dos 60 anos ou mais de idade e 19,5% de jovens entre 18 e 24 anos. A pesquisa ainda revelou que para 98% dos entrevistados é relevante a adoção de projetos ambientais para a ampliação da coleta seletiva, descarte adequado de entulho e campanhas de conscientização, em Jacareí.

Segundo a autora, a segunda etapa da pesquisa será realizada em fevereiro de 2018 com a aplicação do questionário junto aos proprietários e gerentes dos estabelecimentos comerciais.

São feitas três perguntas aos entrevistados: se eles têm consciência dos malefícios das sacolas plásticas ao meio ambiente; se ele (consumidor) estaria disposto a aderir à campanha, substituindo as sacolas de plástico por sacolas biodegradáveis ou de pano; e que tipo de campanha em defesa do meio ambiente seria mais urgente de ser implantada na cidade”, explicou Lucimar.

Depois de ouvir os comerciantes, a parlamentar pretende iniciar discussão sobre o tema junto aos membros da Frente Parlamentar em Defesa do Meio Ambiente da Câmara para, assim, incluir o projeto na Ordem do Dia para votação em Plenário.

A ideia inicial era apresentar este projeto para votação em Plenário ainda este ano. Mas a seriedade e o compromisso em ouvir todos os lados que envolvem qualquer tipo de discussão me fazem caminhar com responsabilidade para que as ideias amadureçam através do conjunto do debate público e democrático junto à sociedade”, concluiu a presidente.

Legenda – Presidente da Câmara durante entrevista com munícipe em feira-livre do Jardim Emília, na região oeste de Jacareí

Crédito – Gabinete da Presidência/CMJ

Recomendar para um amigo
  • gplus
  • pinterest

Ao visitar, ler, ou interagir com os recursos disponibilizados neste site, você está aceitando todas as condições mencionadas neste Termos de Uso, com destaque para as seguintes condições gerais:

  • Não saia muito do tema do tópico.
  • Não publique SPAM, visível ou mascarado.
  • Não ofenda ninguém, nem faça comentários preconceituosos ou racistas.
  • Seja educado.

Deixe um comentário